Corregedor Geral da Justiça registra pesar pelo falecimento do advogado Kléber Moreira

O Corregedor Geral da Justiça, Desembargador Paulo Velten, registrou pesar pela morte do advogado Kléber Moreira, fato ocorrido nesta segunda-feira (24). O jurista, decano da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Maranhão, estava no Hospital Albert Einstein, acometido de pneumonia. Internado desde o dia 10 de agosto, o quadro agravou-se e Kléber Moreira não resistiu às complicações da doença. O advogado tinha 90 anos e era natural de Penalva, sendo agraciado no ano de 2016 com o título de Cidadão Ludovicense pela Câmara de Vereadores.

Ele foi o primeiro presidente do Instituto dos Advogados do Maranhão. Entre os trabalhos de destaque, o jurista foi membro fundador do Instituto Maranhense de Estudos de Direito Tributário. Pelo amplo conhecimento na área do Direito, ele havia integrado (por indicação da OAB Maranhão) comissões de concursos para ingresso na magistratura, promovidos pelo Tribunal de Justiça do Estado e pelo Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região.

Pela vasta atuação na área e conhecimento, o advogado ganhou inúmeras homenagens no Maranhão, no Brasil e no exterior, a exemplo de quando foi condecorado pela Rainha da Dinamarca, de cujo país foi cônsul honorário em São Luís de 1984 a 2001, quando se aposentou. Kléber Moreira era frequentemente consultado pelos colegas e por quem precisava de orientação jurídica. Na celebração dos 85 anos da OAB, ele foi homenageado com uma placa em alusão aos serviços prestados à sociedade.

Kléber Moreira dedicou 65 anos de sua vida ao exercício da advocacia, sendo o advogado com maior tempo de atividade no Maranhão.

Há dois anos, ele já havia sido homenageado pela Escola Superior da Magistratura do Maranhão – ESMAM, na gestão do atual Corregedor, em uma das sessões mais concorridas do Projeto Happy Hour Cultural da Escola, quando o Dr. Kléber ressaltou a importância das boas relações institucionais entre a Advocacia e a Magistratura maranhenses. “Dr. Kléber Moreira era um advogado qualificado, o mais preparado que conheci em atividade no Maranhão, ressaltava sempre a importância do respeito devido à Magistratura e ao Poder Judiciário”, destacou o Corregedor.

Para o Des. Paulo Velten a Advocacia maranhense perdeu não apenas o seu Decano, mas sim o seu melhor quadro em atividade. “Iniciei minha advocacia sob a influência direta do Dr. Kléber Moreira. Éramos vizinhos de escritório, dele recebi preciosas lições nos encontros do antigo Café do Edifício Colonial. Lembro-me de marcar no relógio a hora em que encontraria o Dr. Kléber no Café da dona Rita. Mais que lições e relatos da sua experiência profissional, recebia a inspiração, o exemplo de vida e de dedicação ao trabalho. Na minha primeira causa, o Dr. Kléber estava representando os interesses da parte adversa e desde então vi a importância de sobrelevar as boas relações profissionais e institucionais no entrechoque das teses e posições antagônicas. Depois fui convidado pelo Dr. Kléber a integrar, ao lado do Des. Ricardo Duailibe, o Tribunal de Ética e Disciplina da OAB, do qual o Dr. Kléber era o Presidente. Advogamos juntos em alguns processos e, por um presente do destino, acabamos vizinhos de condomínio, renovando a alegria da convivência a cada encontro. São lembranças que ficarão para sempre na memória. Sou muito grato por ter tido a oportunidade de desfrutar da convivência e da Inteligência fina daquele que agora ingressa na história como um dos maiores advogados do Maranhão. Que as novas gerações de profissionais do Direto sigam esse singular exemplo de ética, estudo, dedicação, compromisso profissional e respeito às instituições da Justiça.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.