Corregedor da Justiça faz visita técnica em comarcas do Polo de Bacabal

A Corregedoria Geral da Justiça deu início, nesta segunda-feira, 7, a uma programação de visitas técnicas de supervisão e orientação a varas e juizados especiais do interior do Estado, com início pelas comarcas de Santa Rita, Bacabal e São Luís Gonzaga, que integram a região administrativa do Polo Judicial de Bacabal.

As visitas são realizadas pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Paulo Velten, e pelos seus juízes auxiliares Nilo Ribeiro (planejamento estratégico), Gladiston Cutrim e Anderson Sobral de Azevedo, com o objetivo de estabelecer maior proximidade, colaboração e estreitar relacionamentos entre juízes, servidores e delegatários dos cartórios responsáveis pela condução dos serviços prestados pelo Judiciário.

As atividades começaram na manhã de segunda-feira pela comarca e Cartório de Ofício Único de Santa Rita. Em Bacabal, os magistrados participaram, às 14h, da instalação da Correição Geral Ordinária na comarca. No período de 7 a 11 de junho, os processos em tramitação nas 1ª e 2ª varas cíveis, 1ª e 2ª varas criminais e Vara da Família dessa unidade estarão sob a fiscalização do juiz corregedor Gladiston Cutrim. Juntas, essas cinco varas reúnem um acervo de 14 mil processos. A visita foi estendida aos 1º, 2º, 3º e 4º Ofícios de Bacabal.

Na sequência de visitas programadas, a equipe se deslocou ao Município de São Luís Gonzaga, onde seguiu o mesmo ritual de compromissos de trabalho. Durante o trânsito entre as comarcas, o corregedor explicou que a correição e a inspeção são instrumentos à disposição da Corregedoria para o exercício da atividade de controle do serviço judicial de primeiro grau. No retorno a São Luís, a comitiva visitou, ainda, a Comarca de São Mateus e o Cartório do Ofício Único.

“Para o desembaraço dessa atividade, contamos com uma valorosa e capacitada equipe de magistrados e servidores. É muito gratificante e enriquecedora a oportunidade de acompanhar in loco o trabalho dessa equipe e dialogar abertamente com juízes, servidores e serventuários, colhendo as dificuldades, obtendo esclarecimentos e passando orientações que possam contribuir com o aprimoramento do serviço”, declarou.

POLO DE BACABAL

Além das comarcas mencionadas, integram o Polo de Bacabal as comarcas de Coroatá, Igarapé Grande, Lago da Pedra, Olho D’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Mateus e Vitorino Freire.