.

Com o Mais Cirurgias, Governo oferta cirurgias urológicas no Hospital Dr. Carlos Macieira

O Governo do Estado começou no início desta semana as cirurgias urológicas eletivas, por meio do Programa Mais Cirurgias, no Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM). Ao todo, serão 50 procedimentos, os quais deverão ser executados até o próximo dia 30 de outubro. Após terem sido aprovados na avaliação pré-cirúrgica, os pacientes são submetidos a procedimentos de Próstata, Rins e Bexiga. 

“A urologia é uma das especialidades que tem maior quantidade de pacientes, e as ressecções prostática e ureterorrenolitotripsia serão os principais procedimentos a serem realizados. Com isso, tentamos aumentar e repor as cirurgias que deixaram temporariamente de ser realizadas no período da pandemia”, afirmou o diretor geral do hospital, Edilson Medeiros. 

A unidade, que faz parte da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), tem como meta fazer 200 intervenções até o mês de dezembro. As cirurgias beneficiam pacientes adultos, que estavam aguardando pelos procedimentos, que por ocasião da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), precisaram ser temporariamente suspensos. O Programa Mais Cirurgias é uma iniciativa lançada em janeiro deste ano pelo Governo do Estado, e que deverá promover mais de 6 mil cirurgias. 

Segundo o urologista responsável pelos procedimentos, Amarildo Nobre Monteiro, as cirurgias contam com suporte de ferramentas e utensílios modernos. “Hoje, o HCM está em pé de igualdade com outros hospitais de referência urológica no país e no mundo. Um bom exemplo são os itens utilizados para remoção de cálculo renal, que será à laser, o que garante melhoria do quadro clínico do paciente em até 24 horas”, detalhou. 

Já no aguardo para realizar a retirada de pedra nos rins, o lavrador Romário Ribeiro, de 32 anos, natural de Pio XII, disse que a estrutura do hospital e a recepção da equipe médica fizeram todo o diferencial. “Desde a recepção até aqui no centro cirúrgico eu fui bem recebido. Tenho me comunicado com a minha esposa todos os dias e sempre digo que o local, as pessoas, tudo está de parabéns”, compartilhou. 

O aposentado José Pereira da Silva, de 69 anos, da cidade da Raposa, é outro paciente beneficiado pelo Mais Cirurgias no HCM. Com os preparativos para fazer a retirada da próstata, ele contou que se sente tranquilo e feliz. “Eu ia fazer a cirurgia no início do ano, mas por causa da pandemia, precisaram suspender. Agora estou contente e graças a Deus sei que estou em boas mãos”, afirmou. 

Além dos pacientes adultos, o HCM também está realizando cirurgias pediátricas eletivas. Somente neste mês de outubro, 60 crianças serão beneficiadas nas especialidades de Hérnia Inguinal e Fimose. Em novembro, o hospital fará dois momentos cirúrgicos, um no dia 7 e outro no dia 21, assistindo mais 60 crianças com procedimentos de Hérnia Inguinal e Fimose.  

O Mais Cirurgias está sendo executado de modo simultâneo em 12 hospitais da rede SES. São eles: Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), Hospital Dr. Juvêncio Mattos, Hospital de Trauma e Ortopedia do Maranhão (HTO), todos localizados em São Luís; Hospital Regional de Chapadinha; Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, em Timon; Hospital Macrorregional Dr. Everaldo Ferreira Aragão, em Caxias; Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá; Hospital Regional de Timbiras; Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês; Hospital Macrorregional Dr. Jackson Lago, em Pinheiro; Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz; Hospital Regional de Balsas.