BRK Ambiental destaca importância do saneamento no Dia Nacional da Saúde

No domingo, dia 5 de agosto, é celebrado no Brasil o Dia Nacional da Saúde. A data tem o objetivo de conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da educação sanitária, despertando na população o valor da saúde. A data é oportuna também para lembrar da relação entre saúde e saneamento básico – área que ainda é um enorme desafio para o Brasil. No país, metade da população não tem acesso aos serviços de esgotamento sanitário, o que coloca milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade.

Médicos, sanitaristas e pesquisadores de diversas áreas já comprovaram que os investimentos em saneamento básico desempenham um papel fundamental no avanço da saúde pública. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cada R$ 1 real investido, outros R$ 4 são economizados no sistema de saúde.

“O déficit de saneamento é um dos fatores determinantes para a taxa de internação por diarreia, importante indicador de qualidade de vida e saúde”, diz Ricardo Mamede, responsável pela área de Qualidade e Meio Ambiente da BRK Ambiental no Maranhão. “Por isso temos que investir na universalização dos serviços”.

Segundo estudo realizado pelo Trata Brasil, uma cidade saneada, ou seja, com acesso universal a água e esgoto, tem, em média, 17 internações por diarreia por ano para cada 100 mil habitantes. Já as cidades sem acesso a estes serviços, a média é de 111 internações para cada 100 mil habitantes.

Em Paço do Lumiar, de acordo com dados do DATASUS, foram registradas 51 internações em 2017 em decorrência de problemas que podem ser causados pela água e esgotos não tratados, uma diminuição de quase 30% em relação à 2016. Em São José de Ribamar os números também caíram de um ano para o outro.

Desde 2015, a BRK Ambiental trabalha para elevar os índices de saneamento do município, que passaram de 8% para os atuais 26% em tratamento de esgoto e de 38% para 81% em atendimento de água. Com os avanços desses índices, os dois municípios contam hoje com mais de 230 .000 metros de redes de água implantadas, com 230 poços em funcionamento e mais de $200 mil pessoas atendidas com água tratada. Em 2019, entra em execução o projeto de esgotamento sanitário da concessionária, com um total de aproximadamente 675 milhões de reais investidos nos dois municípios em que a empresa atua, até a universalização do sistema, em 2026.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.