AUDIÊNCIA PÚBLICA | Judiciário ouve população da Comarca de Cururupu nesta quinta-feira (23)

A população da Comarca de Cururupu – distante 448 Km de São Luís – e região será consultada sobre os serviços e atuação do Poder Judiciário, em audiência pública a ser realizada nesta quinta-feira (23).

O evento acontece às 10h, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (Rua Ático Seabra, nº 159, Centro), sob a coordenação do desembargador Ricardo Duailibe, ouvidor-geral do Poder Judiciário do Maranhão.

Na audiência, serão recebidas sugestões e reclamações da população de Cururupu e demais comarcas do polo judicial de Pinheiro – Bacuri, Bequimão, Cândido Mendes, Carutapera, Cedral, Cururupu, Governador Nunes Freire, Guimarães, Maracaçumé, Matinha, Mirinzal, Penalva, Pinheiro, Santa Helena, São Bento, São João Batista, São Vicente Ferrer, Turiaçu e Viana.

As audiências públicas objetivam promover maior aproximação entre o Poder Judiciário e a sociedade, como uma ferramenta onde a comunidade pode apresentar denúncias ou pedidos que contribuam para o aperfeiçoamento dos serviços judiciais.

As manifestações apresentadas pelos jurisdicionados durante o evento serão encaminhadas aos setores competentes do Judiciário. Os questionamentos serão esclarecidos em tempo hábil e os interessados serão informados sobre os resultados de suas sugestões e reclamações.

RESULTADOS – Esta é a quinta audiência pública promovida pela Ouvidoria do Poder Judiciário do Maranhão em 2017, que também aconteceram nas comarcas de Açailândia (março), Pedreiras (junho) e Santa Inês (setembro) e Tutóia (setembro).

Os pedidos da população e dos magistrados das comarcas consultadas resultaram na criação de novas varas judiciais erm Santa Inês e Açailândia, esta de competência criminal. Um projeto de acessibilidade e pedido de criação de uma nova vara para a Comarca de Pedreiras foi entregue à administração do TJ, e encontra-se em análise.

A Ouvidoria do Poder Judiciário do Maranhão funciona no Fórum Des. Sarney Costa, em São Luís, no Calhau (piso térreo). O órgão pode ser acionado pelo telefone 0800 707 1581 (Telejudiciário); por formulário eletrônico, disponível no site www.tjma.jus.br; e-mail (ouvidoria@tjma.jus.br); “Fale Conosco” da Corregedoria e da Presidência; ou presencialmente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.