AGED/MA realiza testes sorológicos em aves

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) está realizando inquéritos sorológicos em aves de granjas avícolas industriais, atendendo a uma demanda do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A ação já aconteceu nos municípios de Porto Franco, São José de Ribamar e Caxias. As testagens vão até o dia 31 deste mês, contemplando os municípios de Itapecuru-Mirim, Pindaré-Mirim e Vargem Grande. 

O objetivo das ações é descartar qualquer possibilidade da circulação da influenza aviária – doença de notificação obrigatória à Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA). O material coletado durante as ações, a AGED está encaminhando ao Mapa, que envia ao Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de Campinas-SP (LFDA) para as análises sorológicas. 

Essa é uma primeira etapa que faz parte de um cronograma elaborado pelo Mapa cujo foco de investigação são as granjas avícolas. A próxima etapa vai contemplar as propriedades rurais cadastradas nas Unidades Regionais da AGED e vai levantar inquéritos sorológicos nas aves de subsistência.

Apesar de ser exótica em território nacional, ou seja, nunca detectada no Brasil, a influenza aviária é uma doença de distribuição mundial, com ciclos pandêmicos ao longo dos anos, e com graves consequências ao comércio internacional de produtos avícolas.