AfroHub e Facebook trazem a São Luis  workshop gratuito para empreendedores negros

Workshops gratuitos com conteúdos promovidos por especialistas do Facebook para impulsionar os negócios a partir das redes sociais. Essa é a iniciativa do AfroHub  com apoio do Facebook para fomentar negócios de afroempreendedores.

O encontro acontece no dia 16 de outubro (terça-feira), a partir das 17h30, no Sebrae. As inscrições são gratuitas e realizadas on line:

Além de São Luís, os encontros acontecem também em Salvador, em parceria com o Sebrae (25 de outubro). Na sequência, ocorrem encontros em Vitória/ES (13 de novembro) e Rio de Janeiro (22 de novembro).

No workshop, os afro-empreendedores poderão aprender novas estratégias e ferramentas para alavancar seus negócios com as redes sociais. O encontro também servirá para a promoção de networking facilitado entre os empreendedores, além de contar com palestras inspiradoras de iniciativas de destaque nas cidades.

Dados analisados pelo Instituto Locomotiva, a partir de informações do PNAD/IBGE (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), apontam que, no Brasil, são mais de 5,8 milhões de empreendedores negros com acesso à internet, que movimentam aproximadamente R$ 219,3 bilhões.

AfroHub – O AfroHub é um programa promovido pela Feira Preta, Afro Business e Diaspora.Black, com o apoio do Facebook. O objetivo é fomentar o afroempreendedorismo no Brasil, promovendo capacitação técnica, mentorias e encontros de networking facilitado.

Desde maio, encontros mensais ocorrem na Estaçao Hack, o centro de inovação social do Facebook, em São Paulo. Ao todo, mais de 1.500 empreendedoras/es são impactados com a mobilização, conteúdos e ações promovidas pela iniciativa.

Para a fundadora da Feira Preta, Adriana Barbosa, “o AfroHub é um projeto de construção de uma nova narrativa pautada na transcendência do empreendedorismo de necessidade por oportunidade”. O projeto se propõe a potencializar cases de empreendedores que representam mais de 50% dos microempresários no Brasil com o suporte da comunicação e da tecnologia.

“A iniciativa busca a constituição de um hub de afro-empreendedorismo no país, aproximando empreendedores às ferramentas que podem alavancar os negócios com tecnologia e comunicação”, comenta Fernanda Ribeiro, co-fundadora e presidente da Afro Business.

A ideia é mostrar que qualquer empreendedor, de todos os portes, pode acessar ferramentas digitais de alta performance para os negócios. “É uma iniciativa de grande impacto para fomentar a circulação econômica entre a população negra”, resume Antonio Pita, co-fundador da Diaspora.Black.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.