A revolução da aprendizagem adaptativa: Dos EUA para a UNDB e Dom Bosco

O professor norte -americano Dale Johnson, gestor do programa de aprendizagem adaptativa da Universidade Estadual do Arizona (ASU), esteve em São Luís ministrando um treinamento exclusivo para docentes da UNDB Centro Universitário e do Colégio Dom Bosco.

Os docentes maranhenses do Grupo Dom Bosco conhecerem em primeira mão a revolucionária metodologia adotada desde o ano de 2011 pela Universidade do Arizona, que tem elevado o nível de sucesso dos alunos no processo de aprendizagem em geral; além de permitir ao professor o completo domínio de avaliação do desenvolvimento dos alunos durante todo o processo de aprendizagem e não apenas na hora da prova formal.

Na metodologia de aprendizagem adaptativa há uma grande mudança no papel do professor em sala de aula. De ex-palestrante à líder; agora cabe ao docente liderar os alunos rumo à construção do conhecimento de forma ativa, levando-os ao protagonismo máximo no processo de solução de problemas, de forma crítica e engajada. E não mais atuar como meros ouvintes de palestras e aulas passivas.

Nesse programa, a grande vantagem é proporcionar aos alunos o real desenvolvimento das chamadas habilidades do Século XXI: Comunicação, Colaboração, Criatividade e Pensamento Crítico associadas aos conteúdos das disciplinas formais, e tendo um resultado final com sucesso potencializado em todos os níveis. Essa linha da aprendizagem adaptativa vem completar a moderna proposta pedagógica que já é adotada, tanto pela UNDB quanto pelo Colégio Dom Bosco, com o uso de metodologias ativas e estudo de casos / papers adaptado da Universidade Harvard.

Sempre à frente na vanguarda pedagógica, a UNDB e o Colégio Dom Bosco serão as primeiras instituições de ensino do Maranhão a adotar esse programa de aprendizagem adaptativa, após a devida adaptação do mesmo à realidade brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.