.

A importância de fazer check-up na prevenção de doenças 

Ter um estilo de vida saudável vai muito além de uma boa alimentação e a prática contínua de exercícios físicos. O cuidado com a saúde envolve, principalmente, a realização periódica de consultas e exames médicos. Fazer check-ups é muito importante, pois permite prevenir doenças e tratar com brevidade os diagnósticos encontrados, o que a medicina considera fundamental na maior parte das enfermidades.  

“O objetivo é diagnosticar doenças silenciosas, que o indivíduo não sabe se tem, além de ajudar no controle das doenças já conhecidas. São verificadas a pressão arterial, obesidade, diabetes, além da pesquisa de outras enfermidades, entre elas o câncer de mama, câncer de próstata e de intestino. São também verificadas também as vacinas para cumprir o calendário vacinal, obrigatório em nosso país, e observada saúde mental como quadros de ansiedade e depressão, algum distúrbio que pode estar afetando o indivíduo”, detalha a médica e coordenadora do curso de Medicina da Faculdade Pitágoras, Denise Priolli.  

Portanto, fazer uma avaliação médica detalhada é uma das etapas que contribuem para atestar que a saúde esteja em dia além de ser o momento oportuno para tomar providências em caso de descoberta de enfermidades. “Quando as doenças são identificadas de forma precoce, aumentamos as possibilidades de cura, mas ainda mais, garantimos a qualidade de vida de doenças que não incuráveis, mas controláveis”, pontua.   

No caso das mulheres, o acompanhamento ginecológico não pode ser negligenciado. Isso porque podem ser acometidas por infecções identificadas em avaliações específicas. “É importante que as pacientes procurem fazer exames específicos como o papanicolau, indicado para detectar o câncer de colo do útero. Outro exame é a mamografia, a partir dos 40 anos, com repetição anual. Se houver histórico familiar de câncer de mama, é indicado conversar com o ginecologista sobre a idade de início desse exame. Nos homens a recomendação é o exame urológico com toque retal e pesquisa de PSA (hormônio produzido pelo homem) na prevenção do câncer de próstata”, orienta.   

Abaixo, a especialista cita os tipos mais comuns de exames prescritos durante uma consulta de rotina, “podem ter outros obedecendo a idade e doenças presentes na família, a critério do médico que atende e das diretrizes de Medicina Nacionais”, acrescenta.  

  • Exames laboratoriais com amostras de sangue, fezes e urina;  
  • Exames preventivos para câncer;  
  • Papanicolau para mulheres;  
  • PSA para os homens;  
  • Monitoramento de vacinas;  
  • Exames cardiológicos de rotina a partir de uma determinada idade;  

Exames de imagem e endoscópicos para estudo de áreas diversas do organismo;  

  Sobre a KrotonMed 

A KrotonMed é a unidade de negócio da Kroton voltada para a Medicina. Criada em 2021, a KrotonMed possui mais de 3 mil alunos matriculados no curso de Medicina em 6 instituições de ensino superior: Unic, no Mato Grosso; Uniderp, no Mato Grosso do Sul; Unime Lauro de Freitas e Pitágoras Eunápolis, na Bahia; e Pitágoras Codó e Bacabal, no Maranhão. A KrotonMed possui mais de 7 mil alunos em cursos de Saúde Presencial, mais de 18 mil alunos em outros cursos presenciais de alto valor agregado. Os cursos recebem investimentos constantes para aprimoramento da infraestrutura, que inclui laboratórios e ferramentas que utilizam as mais avançadas tecnologias voltadas ao ensino da Medicina. As instituições possuem parceria com clínicas e hospitais que atendem a população, possibilitando ao aluno acesso a um alto nível de educação que reúne teoria e prática e uma preparação eficiente para sua inserção no mercado de trabalho.